Tópico

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Ainda sobre a dialética dos sexos

Para elucidar o post anterior sobre a dialética dos sexos, se é mesmo que se faz realmente necessária essa elucidação.
Homens em geral são seres conformados, jamais serviram ou servirão como agentes da mudança, não há no homem essa necessidade explicita. Enquanto a mulher, por outro lado, transforma e é transformada pelo meio. Mulheres não dispõem da passividade masculina, moldam a vida enquanto ainda não podem moldar a morte.
Provavelmente é esta divergência de personalidades a responsável pela constante, às vezes subliminar, guerra dos sexos.
É claro que, levando em conta meu ponto de vista, isso torna o sexo feminino infinitamente superior, a mulher como representante da perdida racionalidade humana. Pois é sensível as inevitáveis transformações da realidade e a estas reage.
Não há surpresa se no futuro, muito em breve, todos os homens da Terra forem comandados por mulheres, aliás, não foi mesmo sempre assim?

3 Comentários:

Snuck Binks disse...

Olá, saiu o novo FARRAZINE, e tem aquela página com jabá no final!

Dá uma conferida!

Questão disse...

acredito que somos todos podres homens ou mulheres,dizer que a mulher é superior ou inferior é mentira,somos todos iguais na nossa idiotice,alguns poucos independente de seu sexo,religiao ou etnia fazem a mudança são catalizadores

somos todos movidos pelo amor e odio,raiva e paixão,crime e perdão,a religião foi a tentativa do homem de se ligar a algo maior mas no final o proprio homem corrompe o que acredita,seja ele homem ou mulher

então qual a salvação? parar de pensar em clixes ou em grupos e pensar sobre individuos como cada um tem sua importancia unica

Rogério disse...

Não descordo.